Belford Roxo agiliza marcação de exames e procedimentos médicos

  Desde o início do seu primeiro mandato, em 2017, o prefeito de Belford Roxo, Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, começou a implantar a descentralização na Saúde. 

O objetivo é facilitar a vida da população. Neste mesmo ano foi inaugurado o primeiro Complexo Regulador, no Centro. Hoje são nove funcionando, além do Centro, nos seguintes bairros: Santa Maria, Santa Marta, Xavantes, Bom Pastor, Parque dos Ferreiras, Parque São José, Itaipu e Nova Aurora. Somente este ano, foram encaminhados 44.500 atendimentos para exames ou procedimentos médicos dentro e fora da rede municipal. A marcação é rápida.

            O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. "É a Regulação que viabiliza a espera por uma vaga. Principalmente para aqueles procedimentos especializados que garantem o tratamento mais adequado e mais humanizado para todos. Entre a marcação e o exame – ou procedimento – é tudo muito rápido. Isso é importante”, enfatizou o secretário Municipal de Saúde, Flávio Gonçalves. 

            Dentre os exames mais procurados estão: glicose, hemoglobina glicada ou glicosilada, ureia, creatinina, ácido úrico, hormônio, colesterol total e frações, PSA total e livre, MIF (tipo de exame de fezes, cuja coleta do material é feita em líquido conservador, parasitológico, urinocultura, EAS (Elementos Anormais do Sedimento, serve para analisar o pH da urina e a presença de elementos na urina), HIV e sífilis, entre outros.

Diversos serviços nos Complexos Reguladores

            Assim que recebe a orientação médica, o paciente busca no Complexo Regulador o encaminhamento para exames, seja para um diagnóstico mais específico por parte do médico e/ou para a continuidade de um tratamento. "Oitenta porcento dos nossos atendimentos são encaminhamentos para exames disponibilizados pela Prefeitura. Os demais são inseridos no SER (Sistema Estadual de Regulação)" detalhou João Marcelo Fernandes, Responsável Administrativo do Complexo Regulador da Semus. O SER é o sistema que regula exames, cirurgias e internações para procedimentos médicos de média e alta complexidade, como atendimento em oncologia, neurologia e cardiologia.

            O Complexo Regulador também está credenciado para emissão do Cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), documento importante para o acompanhamento dos pacientes na rede pública de Saúde. "Sou de uma família de cardíacos e estou em tratamento há anos. A rapidez com que os meus exames estão sendo encaminhados fazem toda a diferença. Um minuto de espera numa fila dessa pode aumentar os riscos para pacientes como eu", declarou Marinete Medeiros de Miranda, 61 anos, moradora do Jardim do Ipê.

Qualidade e rapidez para salvar vidas

            As equipes do Complexo Regulador estão cada vez mais qualificadas para a triagem dos pedidos e para a coleta de dados a serem inseridos no Sisreg (Sistema de Regulação). Esse trabalho tem feito a diferença na velocidade e na qualidade do atendimento. Além de garantir a vaga na rede pública de referência, a inserção de informações completas sobre as necessidades do paciente aceleram os procedimentos médicos e promovem a continuidade dos tratamentos. Além de apresentar encaminhamentos, diagnósticos e prescrições médicas, recomenda-se que o paciente/solicitante informe sobre recorrência de dor e/ou atendimento de emergência fora do estabelecido no tratamento. Ao serem inseridos no sistema, esses dados podem indicar a urgência da solicitação e dar celeridade ao encaminhamento.

            Para efetivar o pedido basta levar o encaminhamento médico, documento de identidade válido com foto e prestar as informações necessárias aos preenchimento da solicitação. Entre as cirurgias eletivas mais procuradas na rede pública estão a retirada da Vesícula Biliar (Colecistectomia) e a Fístula Arteriovenosa (FAV), procedimento que consiste em reforçar as paredes das artérias, geralmente na parte superior do antebraço, e que dá mais conforto para pacientes renais crônicos em hemodiálise.

Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade