Prefeitura implanta Pix para facilitar o contribuinte pagar impostos e taxas

     “Febre nacional”, o Pix chegou também para agilizar o pagamento de taxas e impostos na Prefeitura de Belford Roxo. 

Desde o dia 19 de maio os contribuintes podem adotar a nova modalidade para pagar IPTU, ISS fixo (profissionais liberais) entre outras taxas. A vantagem é que o pagamento entra na hora na conta da Prefeitura, livrando o contribuinte da espera de três dias para compensar o boleto bancário.

            O secretário municipal de Fazenda, Marcos Fernando Ximenes, enfatizou que a implantação do Pix para o pagamento de taxas e impostos facilita a vida do contribuinte. Ele explicou que quando um boleto é gerado, são necessárias três horas para entrar no sistema para ser pago. “Com o Pix, isso acaba. Além disso, quando o tributo é pago com Pix, imediatamente os valores já são contabilizados na conta da Prefeitura, quitando assim rapidamente o débito que havia. No boleto tradicional, sem o Pix, a demora do repasse chegava a três dias”, destacou Marcos Ximenes, ao lado do Secretário Especial de Administração Tributária Luciano Lima.

            Marcos Ximenes frisou ainda que até o final do mês o Pix poderá ser usado para o pagamento do ISS na Nota Fiscal Eletrônica. Faltam apenas alguns ajustes. “Nosso objetivo é fazer com que os contribuintes tenham facilidade e opções. No boleto, por exemplo, tem o código de barras e o QR-Code. Ele escolhe as opções, destacando que o pagamento por código de barras tem a demora para registro do boleto na rede bancária e a baixa pelo pagamento é em torno de três dias. No Pix, é imediato”, finalizou Ximenes, acentuando que, na questão do IPTU, Belford Roxo tem 175 mil imóveis cadastrados.

            O secretário afirmou ainda, que a implantação do Pix promoverá uma simplificação na forma do pagamento dos tributos municipais, gerando melhores condições de pagamento aos contribuintes. “Nesse aspecto, é possível perceber, que este modelo de pagamento já é uma realidade, e que a cada dia o contribuinte vem optando pelo pagamento nesta modalidade”, reforçou Ximenes, destacando ainda que a rede bancária e as lotéricas continuam recebendo os impostos e taxas. 

Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho. 

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade