Belford Roxo promove a IV Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional

 “O Sistema de Segurança Alimentar e a sua Relevância para o Enfrentamento da Fome para o Município de Belford Roxo” foi o tema abordado na IV Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável , promovida no Teatro da Cidade pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Cidadania e Combate à Fome (Semascf), através do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

“O combate à fome é prioridade desse governo. Trabalhamos com gestão e ações sociais permanentes em nossos equipamentos. O Brasil é um grande produtor. Não é justo que 33 milhões de brasileiros ainda vivam com fome”, declarou a secretária municipal de Assistência Social, Cidadania e Combate à Fome, Tati Ervite.

O secretário de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Matheus Carneiro, fez elogios às ações de combate à fome, desenvolvidas no município. “Estamos empenhados em proporcionar a dignidade da população. Temos ações relevantes para ajudar o país a sair do mapa da fome”, disse ele.

Centenas de pessoas, entre elas, representantes da sociedade civil, nutricionistas, assistentes sociais, profissionais liberais e usuários dos serviços assistenciais da Secretaria, lotaram as dependências do teatro. O público ouviu a presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado do Rio de Janeiro (Consea/RJ), nutricionista, Renata Machado, palestrar sobre o tema: “Fortalecer o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) para a Garantia da Comida de Verdade e Um País Sem Fome”. “A conferência é um momento de conscientização muito importante, quando é pensado o melhor para a cidade. Portanto, a participação popular é essencial”, disse Renata. Integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS/Centro), cantaram e encenaram para a plateia durante a solenidade de abertura.

Propostas e debates

Durante o dia, os participantes trocaram experiências e promoveram debates.Três Eixos Temáticos entraram em discussão: 1) A Participação da Sociedade Civil na Construção da Democracia e do SISAN, 2) Fortalecimento do SISAN e Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e 3) Situações Recorrentes de Violação do Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA). No final, foram eleitos seis delegado que representarão o município. “As propostas serão encaminhadas à Conferência Estadual que estará acontecendo em setembro e à Conferência Nacional em dezembro”, ressaltou o presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Belford Roxo, Manoel Martins.

O superintendente de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado do Rio de Janeiro, Victor Hugo Miranda, representou a secretária estadual da pasta, a deputada federal, Rosangela Gomes. O secretário municipal de Gestão e Inovação em Serviço Público, Matheus Carneiro e a Gestora de Ações de Segurança Alimentar e Nutricional da Semascf, Juliana Richa, também participaram do evento.

 Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade