Cidadania em Ação faz mais de mil atendimento gratuitos no Roseiral

Marcilene Serafim Peixoto, 21, aproveitou o sábado (01/07) para colocar várias pendências em dia: atualizar o Programa Bolsa Família, tirar segunda via da certidão de nascimento dois filhos, Daniele, 5 e Lorenzo, 2 a de casamento, dar entrada também no CPF e inscreve o filho no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e ainda passar no stand de beleza para cortar cabelo da família. 

Marcilene não teve despesa financeira. Tudo foi gratuito e possível, graças ao Projeto Cidadania em Ação, promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Cidadania, da Mulher e do Combate à Fome, na Estrada Mário Santana, em frente ao Condomínio Monza, no Bairro Roseiral. O evento da Prefeitura de Belford Roxo levou vários serviços aos moradores daquela região. Foram feitos 1.540 atendimentos.

                “Que dia proveitoso e feliz. É necessário ir até as pessoas para ver a realidade e levar o que elas precisam. Costumo dizer que assistência social não pode se resumir em programas e projetos. É preciso também ter ações diretas, mescladas de acolhimento, soluções e muito amor”, afirma a secretária municipal de Assistência Social, Cidadania e Combate à Fome, Tati Ervite. O projeto reuniu mais de 25 serviços e teve a parceria com a Fundação de Belford Roxo (Funbel), e com as seguintes Secretarias municipais: Saúde, Transporte, Segurança Pública, Trabalho, Renda e Economia Solidária.

                O secretário municipal de Gestão e Inovação, Matheus Carneiro, esteve no evento acompanhado do Secretário Nacional de Juventude, Ronald Luiz dos Santos, o Ronald Sorriso, e do Secretário Municipal de Juventude de Belford Roxo, Kauly Luz. Os três fizeram elogios à participação popular. “O resultado é gratificante”, disse Matheus. Pela primeira vez na cidade Sorriso visitou vários bairros para escolher uma área para construção da Praça da Juventude.

Lazer e massoterapia infantil

                Um parque de diversão com brinquedos infláveis, entre eles toboágua e futebol de sabão, foi montado na esquina da Estrada Mário Santana. A garotada fez a festa. A maioria teve acesso ao brinquedo pela primeira vez. “Eu nunca tinha brincado de futebol de salão. Foi bom demais”, disparou Keren Aguiar, 13.

                Outro atrativo foi o stand sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), Núcleo de Assistir. Lá, a psicóloga Camila Moratório, orientou e tirou dúvidas dos pais. “Gratificante popularizar esse assunto”, disse. As crianças também se divertiram. Participaram de oficinas de pintura, fantoches e ainda passaram por sessões de massoterapia (massagem relaxante). A médica Paula Saboya conferiu laudos e fez encaminhamentos para as unidades de saúde do município.

                Já a Agente Comunitária de Saúde, Loide Lourdes da Silva, 61, aproveitou o evento e optou pelo stand de beleza para fazer limpeza de pele no rosto. “Ultimamente, não tem sobrado dinheiro para essas vaidades. Mas quando soube que poderia fazer de graça, não perdi tempo. Foi relaxante”, encerrou.

  Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade