Belford Roxo aplica 1.850 doses de vacinação durante o Dia D

  As ações pela imunização da população prosseguem em Belford Roxo.

 No sábado (02-09), quarenta unidades da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) estiveram mobilizadas para o Dia D da Vacinação, campanha do Ministério da Saúde em parceria com a Prefeitura, pela atualização dos cartões de vacina e pela maior adesão aos imunizantes em todas as faixas etárias. Foram aplicadas 1.850 doses de vacinas

            "A cobertura vacinal ainda está abaixo das expectativas em todas as regiões do País. Sem as campanhas permanentes e a determinação da Prefeitura para alcançar toda população, esses indicadores estariam ainda mais aquém do esperado" comentou o secretário municipal de Saúde, Christian Vieira.

            Para quem foi a uma das unidades para receber a sua dose, ficou a sensação de mais proteção contra várias doenças. Wislane Maria de Jesus, 41 anos, aproveitou o Dia D de Vacinação para completar a imunização do filho, Carlos Eduardo de Jesus Drummond, de 10 anos, na Policlínica Neuza Brizola. "A campanha é muito importante para todas as crianças. Mesmo sendo uma mãe presente, só hoje tive a certeza que a caderneta dele não estava atualizada. Ele é autista, mas, independentemente da condição, todo mundo deve se vacinar", enfatizou Wislane.

Vacinas disponibilizadas na rede

            A campanha de Multivacinação continua disponibilizando todas as vacinas na Rede Municipal de Saúde e, até o dia 15, estará focada nas crianças e adolescentes até 15 anos. A dona de casa Aparecida Gomes da Silva, 46 anos, agradeceu às equipes da Prefeitura pelo atendimento e confessou que estava um pouco atrasada com o calendário de vacinação do filho, Kayque Gomes da Conceição, de 14 anos. “Ninguém quer ficar doente. Por isso, indico a vacinação pra todo mundo. Trago a caderneta do meu filho na bolsa, mas ninguém falou nada, e algumas vacinas ficaram pra trás. Por isso, hoje, ele tomou (as vacinas) da meningite e do HPV, e no mês que vem ele vai tomar da gripe (Influenza) e a antitetânica, pra ficar tudo certinho”, pontuou Aparecida.

            As vacinas são seguras e, para receber a dose basta comparecer a um posto de saúde e apresentar o cartão de vacinação e o CPF. Apenas pessoas com sintomas gripais, como tosse, espirros, coriza, dor de garganta e febre, devem adiar a imunização. O Dia D da Vacinação teve como público alvo principal as crianças entre 2 e 6 meses de vida receberem a dose da gotinha contra a poliomielite (Vacina Oral Polio – VOP). Em Belford Roxo, além da VOP, a Bivalente contra a Covid-19, a Influenza (contra a gripe) também foram bastante procuradas durante a campanha. 

Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade