Grupo Clareou coloca o público para dançar em Areia Branca

 Foi com muito samba no pé e com as letras da ponta da língua que milhares de pessoas receberam o grupo Clareou na Praça de Areia Branca, em Belford Roxo. 

O projeto Canta Belford Roxo, idealizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Cultura, chegou em sua quarta apresentação trazendo diversos artistas e faz parte do calendário oficial da cidade. A cantora Yara Vellasco também se apresentou nesta edição.

Para que o projeto possa chegar e atender a todos, o prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, tomou muito cuidado na seleção dos artistas. "A cidade está cada vez mais avançando em todos os setores, nada mais justo do que investir na cultura e proporcionar shows de maneira gratuita para toda a população”, explicou Waguinho.

Momentos de lazer

O secretário de Cultura Robson Sarmento explicou que foi realizada uma pesquisa para saber os gostos da população e proporcionar mais esse momento de lazer às famílias. “A cidade está cada vez mais avançando em todos os setores, nada mais justo do que investir na cultura e proporcionar shows de maneira gratuita para toda a população”, disse Robson ao lado do secretário de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Matheus Carneiro.

Em mais uma apresentação na cidade de Belford Roxo, um dos vocalistas do grupo Clareou, Magal, demonstrou muita alegria por poder se apresentar na Baixada Fluminense. “Fomos muito bem recebidos e a galera curtiu bastante o show. É muito bom que tenham projetos como esses para levar a música a todos”, disse.

Trocadilhos com as músicas

Apesar deles afirmarem, como dizem as letras das músicas, que “ela não vale nada” a noite foi uma "gracinha" e valeu muito a pena, porque Belford Roxo já virou a “dona dos meus sonhos” e ainda “já virou rotina” o projeto Canta Belford Roxo fazer sucesso. Mas, “será que é amor?”. 

Eduarda Fernanda da Costa Gomes, 36 anos, garantiu que amou a apresentação do grupo. Ela levou o filho Ryan Gomes, 7, e mais um grupo de amigos para assistir aos shows. Moradora do bairro, ela ficou bem feliz de estar recebendo o projeto na varanda de casa. “Muito bom estarem investindo na cultura e no lazer. A praça estava parada e me sinto privilegiada em receber um evento desses aqui. Eu curto pagode e esse foi um momento de lazer em família para todas as idades”, ressaltou.

Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade