Belford Roxo promove evento 'Elas Levantam para Brilhar' de empoderamento e inteligência emocional para mulheres

 Autoconhecimento e empoderamento feminino. A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, Cidadania e do Combate à Fome e Secretaria Municipal da Mulher, realizou o evento “Elas Levantam para Brilhar”, na Igreja Nova Vida Heliópolis.

            Com o objetivo de transformar e promover a autoestima através do empoderamento e inteligência emocional, o encontro contou com a participação especial da primeira-dama e deputada federal, Daniela do Waguinho. Durante o evento foi realizada uma apresentação de dança teatral do ministério Ahava, e a palestra da diretora do Febracis Rio de Janeiro, Alessandra Oliveira que inspirou o público feminino na busca por autenticidade, autoconfiança e protagonismo.

            A primeira-dama e deputada-federal, Daniela do Waguinho, foi uma das idealizadoras e destacou a importância do evento especial. “Precisamos estar sempre unidas para fortalecer, motivar e florescer o empoderamento feminino, conquistando cada vez mais espaço na sociedade”, ressaltou. “Vamos continuar avançando e lutando pelo direito das mulheres”, completou Daniela, que organizou dinâmicas e compartilhou experiências com a plateia.

Conscientização feminina

            A secretária municipal de Assistência Social, Cidadania e do Combate à Fome, Tatiana Ervite, enfatizou sobre a contribuição do evento na jornada de autodescoberta e conscientização feminina. “Gerenciar as emoções de forma saudável, lidar com desafios e aprimorar a autoestima foram alguns tópicos que marcaram o encontro emocionante”, pontuou. “Esse espaço foi dedicado para que todas essas guerreiras despertem sua verdadeira essência com uma transformação pessoal e profissional”, afirmou Tatiana.

            A diretora e palestrante do Febracis Rio de Janeiro, Alessandra Oliveira, inspirou todo o público presente. “As mulheres merecem se priorizar e entender o quão poderosas nós somos”, afirmou. “Espero que esse momento tenha proporcionado uma conexão construtiva e traga impactos positivos na vida de todas”, acrescentou Alessandra.

            A assessora técnica e moradora da Piam, Carla Marques, de 27 anos, participou ativamente das dinâmicas. “Esse evento foi emocionante e libertador. Ressignifiquei alguns sentimentos e aprendi muito sobre autocuidado”, frisou Carla. “Fiquei muito impactada e motivada a nunca desistir. As mulheres precisam ter voz na sociedade”, acrescentou a missionária e moradora do Parque São Vicente, Edilane Ximenes, de 34 anos.

Redação: Jornalismo A Voz do Povo.

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade